8

Treinar Sozinho: Saiba quais são os desafios!

Treinar Sozinho

Treinar Sozinho: Saiba quais são os desafios!

treinar sozinho

Treinar sozinho é um assunto que suscita diversas opiniões e sentimentos seja no mundo fitness ou mesmo na cabeça de quem pretende começar uma atividade física. Quem me acompanha por aqui sabe que comecei a minha "revolução pessoal" (ver post) amparada de um personal trainer, no entanto, atualmente, treino sozinha na maior parte do tempo e apenas um dia na semana com um personal. 

Deve-se treinar sozinho?

Se você está começando, eu desaconselharia TOTALMENTE iniciar sua jornada fitness sozinho. Hoje eu treino sozinha simplesmente porque está fora de cogitação pagar um profissional 6 dias por semana, mas quando se começa, ter um profissional lhe amparando lhe ajuda em diversos níveis. Caso você também não possa pagar um, se ampare no instrutor de sua academia. Ele(a) está lá para isso. 

Foi fácil aprender a treinar sozinho?

Não, não foi. Mas foi necessário, pois eu realmente queria mudar minha vida e meu corpo de uma vez por todas. Então, tornei esse lance de virar uma "mulher fit" uma questão pessoal e parti em busca disso até conseguir. 

Como ganhar disciplina para treinar sozinho?

Sempre ouço: "Ah, mas eu não tenho disciplina", como se isso fosse algo tão inalcançável. Basicamente disciplina e hábito são a mesma coisa, pelo menos para seu cérebro. (Veja o livro o poder do hábito). Se você é do tipo de pessoa que todo dia precisa "comer um chocolatinho" senão "você morre", você criou um hábito…um hábito tão forte que faz seu cérebro lhe pedir o seu docinho diário.

Pois bem, ter disciplina para algo na vida segue a mesma lógica do chocolatinho. E para querer se tornar uma pessoa fit não é diferente, você precisa criar um hábito! E um hábito é criado depois de aproximadamente 21 dias, mas só é internalizado de vez depois de pelo menos 365 dias repetindo-se a mesma coisa. Portanto, você precisa repetir e repetir um comportamento na sua vida, até que seu cérebro lhe empurre automaticamente para ele… A fórmula é insistir para conseguir!

antes e depois

Como foi a trajetória?

Até o início de 2015 eu era frequentadora sazonal de academia. Eu ia uns meses, parava uns meses, daí quando voltava, tinha que começar tudo do zero de novo. Se identificou? Porém, quando eu resolvi mudar, eu não tinha o hábito nem a disciplina para treinar. Eu era a menina do chocolatinho descrita acima. A disciplina que eu tinha era para comer e comer muito rs!! Então, para mudar de vez precisei pegar um calendário e determinar quando eu iria treinar e a cada mês eu iria rever o progresso e aumentá-lo. Foi algo mais ou menos assim:

  • Fev/2015 – Me exercitar 3x na semana por pelo menos 30'  + 10' de Yoga
  • Mar/2015 – Me exercitar 4x na semana por pelo menos 35' + 15' de Yoga
  • Abr/2015 – Me exercitar 5x na semana por pelo menos 40' + 20' de Yoga

Ou seja, a garota fitness que vocês veem hoje começou sua trajetória com apenas 30 minutos 3x por semana. Atualmente me exercito 6x na semana por 1h30. Dá para acreditar o quanto melhorei? Olha um dos meus calendários de 2015.

 

Quais exercícios?    

No início, eu fazia ginástica funcional 2x na semana com um personal durante 1h e o terceiro dia eu me comprometia em ir sozinha fazer esteira por 30 minutos. Portanto, o nascimento do hábito de "treinar sozinho" nasceu lá em Fev/2015 naquela mísera meia horinha em que eu me "obrigava" a fazer esteira sozinha. Com o tempo, fui emagrecendo e daí passei a fazer outros exercícios aeróbicos como bike, transport até virar "corredora" (ver post). Mas isso é outra história 😛

No entanto, vale dizer que uma das razões de eu nunca ter me machucado treinando sozinha é que nunca fui além do meu limite, sempre consultei profissionais e fui aumentando a quantidade de treino gradativamente. Viu o segredo? Empurrar seu cérebro em doses CONSTANTES E HOMEOPÁTICAS de treino até você acordar um dia de manhã e dizer para si mesmo: "Nossa, que delícia, vou treinar!" Acredite, esse dia chega! 

Sua revolução pessoal

Se o seu objetivo é emagrecer e manter-se magra, não tem jeito, precisa treinar e treinar pra vida toda! A primeira coisa que você precisa determinar é o que gosta ou "tolera" fazer para começar aos poucos. Eu gostava de esteira, então comecei por ela. E você, do que você gosta? Segundo, monte seu calendário dos dias que você se comprometerá em treinar. Planejar ajuda evitar de furar com os treinos.  

Terceiro, insista! Talvez você não alcance fazer 100% dos treinos do mês, mas estipule seu limite minimo, por exemplo de 10 treinos no mês vou fazer pelo menos 5. Isso ajuda a ter gana de se superar. Quarta, anote "um OK" nos dias que você treinou. Monitorar o progresso ajuda a se manter motivada e não desistir! Esse foi um pouco do "caminho das pedras" que utilizei para criar o hábito e me tornar uma pessoa motivada a treinar. Espero que o meu relato lhe motive a criar o plano da sua trajetória rumo à sua revolução pessoal.

Estamos em uma época em que todos falam sobre "empoderamento" e vejo que para mim uma grande arma de empoderamento é estipular alvos, persegui-los e conquistá-los, sejam eles grandes ou pequenos. Quando se conquista um objetivo, empodera-se e isso te dá asas para ir cada vez mais longe! Ou ainda na vibe do presidente Obama: "Yes, we can and yes, we did"

Fui! Até à próxima e força na peruca! 

Gostou deste texto? Compartilhe-o com amigos!yes

 

 

 

 


Crédito de imagens: arquivo pessoal, google flickr

Nota: Esse artigo não visa passar nenhuma orientação para que se possa treinar sozinho ou prescrever exercicios para um fim específico. Esta é uma história pessoal que deve ser vista como um relato de encorajamento para aqueles que também desejam incorporar atividade física em suas vidas. 

8 Comments

  1. Amanda, Adoro seus textos…sempre muito inspiradores. Sinto que já caminhei muito desde que conheci seu blog. bjos

    • Olá Yara! Que delícia saber disso! Acho demais mesmo conseguir inspirar pessoas! Sou apaixonada por isso! Beijo grande!

  2. Amanda, seus textos sempre me motiva, inspiram e desafiam a mudar. Eu realmente quero ser uma pessoa diferente neste 2017 e você vem me ajudando muito. Beijos e nào pare com o excelente conteúdo. 

    • Olá Duda! É sempre muito especial saber que meus textos contagiam as outras pessoas a mudar! Parabéns pela iniciativa e feliz 2017! Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *