17

Nutrição Funcional: Emagreça e Chape a “Barriga”

Nutrição Funcional & Emagrecimento

Nutrição Funcional: Emagreça e Chape a "Barriga" 

nutrição funcional

A nutrição funcional é hoje o assunto em foco no site da Tríade da Beleza. No dia 19 de junho de 2016 eu completei um ano seguindo essa corrente da nutrição e venho mostrar para vocês as mudanças que vi e senti no meu corpo e em meus hábitos alimentares. Esse texto, assim como o texto sobre corrida para secar (ver texto), ou mesmo o texto dos alvos para o ano de 2016 (ver texto), servem para motivá-la(o) a mudar sua vida seja em qualquer área que você desejar. Eu sempre digo: Se eu consegui, você também consegue! Vamos lá! 


A Nutrição Funcional

Eu já tinha ouvido falar no termo nutrição funcional em blogs fitness e postagens sobre emagrecimento, mas só vim a conhecer de fato essa linha de trabalho quando conheci minha nutricionista Stella Santiago Jacob (CRN 3-21661). Foi ela quem me ensinou sobre a nutrição funcional e me ajudou a modificar meus hábitos alimentares, e  em consequência, a perder peso. Para não ficar um papo muito denso, direi que basicamente que a nutrição funcional considera a individualidade de cada um (seu corpo, idade, estilo de vida, etc) e as propriedades dos alimentos bem como as combinações destes entre si, para então elaborar um "plano alimentar" que caiba dentro do seu estilo de vida e que promova os resultados esperados. Olha a minha mentora que linda: 
nutrição funcional

Cardápio vs. Plano Alimentar
Isso mesmo, um plano alimentar e não um cardápio! Essa foi a primeira coisa que eu notei ao ir em um nutricionista funcional. Aqui não temos cardápio, mas planos alimentares. O cardápio é algo pronto e fechado que descreve as refeições que você irá comer, nos dias que irá comer e a distribuição das calorias entre as refeições. O problema de um cardápio é que por se tratar de algo fechado, acaba sendo bem difícil segui-lo caso você faça a maioria de suas refeições fora de casa.


O plano alimentar por outro lado é uma bússola prática que te auxilia a escolher os grupos alimentares certos dentro de uma vasta gama de possibilidades, podendo ser adaptado caso você faça suas refeições em casa ou fora dela. Você aprende o quanto, o tipo de comida e como escolhê-la para a sua refeição. Nesse sentido, fica mais fácil e flexível, pois você não se atém a uma única escolha. Veja um pedacinho do meu plano abaixo:

nutrição funcional
Alimentos na Nutrição Funcional

Essa é a parte que fez eu me apaixonar mesmo por essa linha da nutrição. Aqui não se contam apenas as calorias dos alimentos,mas suas propriedades bem como, quanto e que horas você irá comê-lo. É aí que a nutrição funcional se torna fascinante, principalmente para as mulheres que querem emagrecer, já passaram dos 30 anos e sabem o quão difícil, chato e demorado perder peso se torna. A grande maioria de nós mulheres tende a verificar  apenas as calorias do alimento, prestando pouca atenção quando, e quanto se come dele. Porém isso é o que faz TODA a diferença no processo de perda de peso!

Aprender o que comer e na hora certa do dia ajuda a transformar nosso corpo em uma máquina mais eficaz de queima de gordura. E isso é a chave do sucesso para o emagrecimento duradouro. Veja a minha história e perceba como isso aconteceu (ver texto). Por exemplo, acredite se quiser mas eu como açaí com banana, banana, aveia e mel e não engordo ou mesmo sobremesas calóricas em porções generosas. 

Porém, não como essas coisas TODOS OS DIAS, muito menos à noite e nem combinado outros tipos de alimentos que farão com que eu tenha picos de insulina e em consequência estoque gordura. Meu Instagram mostra tanto os pratos saudáveis como as gordices que eu como e servem para testificar o que eu estou lhe falando (veja meu Instagram). Tudo isso eu aprendi com a minha nutri. Portanto, este tipo de conhecimento somente um profissional extremamente qualificado será capaz de lhe dar. 


Peso e Gordura Corporal
Como toda mulher interessada em emagrecer, eu queria ver os números na balança baixarem. Porém, tendo o acompanhamento de um nutricionista funcional aprendi que o peso é apenas um dos indicadores que devemos levar em conta. O outro indicador, e talvez até o mais importante é saber exatamente nosso percentual de gordura, pois não adianta pesar 58 quilos e ter 27% de godura corporal, pois grandes serão as chances de você ser uma magra falsa-mole-gelatina.

O percentual de gordura é um excelente indicador de um corpo esbelto. Quanto mais gordura você tiver menor as chances de ter um corpo enxuto. O percentual de gordura varia também de acordo com sua idade e sexo podendo ser medido de diversas maneiras. Segundo minha nutricionista, um adipômetro bem calibrado e um profissonal bem treinado ainda mostram os melhores resultados na medição do que a bioimpedância que tende a oscilar bastante dependendo do horário do dia que se faz o teste e o quanto de líquido se ingere. 

Segundo o protocolo de Pollock & Wilmore (1993), vide tabela abaixo, nós mulheres deveríamos nos orientar dentro destes números. Mas antes lhe pergunto: Você sabe seu percentual de gordura? Se a resposta for não…Te digo: "Miga sua loka, vai atrás disso para ontem!!!"

percentual de gordura

Bem é basicamente isso! Espero que o texto tenha ajudado aqueles que ainda não conhecem essa linha de trabalho da nutrição e ajude também a desmitificar aquela idéia que todos os nutricionistas servem apenas para lhe darem um cardápio a ser seguido. Quem sabe agora você se anime mais para tentar emagrecer?! No texto em sequência contarei a minha trajetória e resultados com alcançados através da nutrição funcional! Não perca o próximo texto e as "fotinhos" do meu antes e depois
 
Beijo grande e até a próxima!
Você gostou deste texto? Curta e compartilhe! Me ajude a alcançar outras pessoas! yes
 
Assinatura Amanda

17 Comments

  1. Olá, Amanda, boa tarde! Muito interessante esta idéia da Nutrição Funcional! Desengessar o cardápio por transformá-lo num Plano Alimentar, com certeza fará as pessoas repensarem esta situação e perceberem que será muito mais interessante elas próprias elaborarem suas refeições, levando em consideração seus gostos pessoais, de acordo com as classes alimentares permitidas ao seu caso. E isto, por si só, possivelmente diminuirá o índice de pessoas que acabam abandonando seus projetos de emagrecimento, até então, por demais restritivos. Muito obrigado pelo site e por este excelente artigo!

    • Olá Dilber! Fico feliz que tenha gostado do artigo! Eu sou muito fã da nutrição funcional e para mim deu muito certo mesmo!! Concordo com todos os argumentos que você elencou! Beijo grande!

  2. Amanda, boa tarde.

    Não consegui localizar conta da sua nutricionista, por gentileza, poderia me passar?

    Obrigada,

    Claudia.

     

    • Olá Cláudia! Segue o link do face dela! https://www.facebook.com/stella.jacob.5?fref=ts 

      Beijos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *