22

Emagreça mais Rápido com o Frequencímetro

Frequencímetro – Dica Tríade da Semana  #28

Emagreça mais Rápido com o Frequencímetro

O frequencímetro será a estrela da Dica Tríade da semana. Se você acha que esse artigo é só para aquela galera rata de academia, engana-se. O frequencímetro é umas das ferramentas mais poderosas e importantes no mundo fitness, seja para aqueles que já possuem uma sólida rotina de exercícios, bem como, para aqueles que estão começando agora. Assim como a pulseira fitness (veja o artigo), o frequencímetro começou a fazer parte da minha rotina de treino pouco mais de dois meses. Por isso, quis testá-lo primeiro para ver se seu uso me traría benefícios e observar de que maneira o uso desse item me ajudaria a potencializar os resultados dos meus treinos.

O que é o Frequencímetro?

Para aqueles que não o conhecem, o frequencímetro, ou monitor cardíaco, é um aparelho que monitora a frequência cardíaca do indivíduo que a utiliza. Muitos frequencímetros consistem em uma fita que é colocada ao redor do tórax e um relógio no qual pode-se ver os batimentos cardíacos bem como outras informações relevantes para seu treino e performance.

frequencímetro

Por que é Importante o Uso do Frequencímetro?

Quando usamos o frequencímetro, conseguimos saber com mais precisão se o esforço físico que estamos fazendo está adequado ou precisa de ajustes. Além disso, para os indivíduos que desejam emagrecer, é NECESSÁRIO saber se durante todo o treino você está mantendo sua frequência intensa o suficiente para gerar a queima calórica necessária para o emagrecimento, de fato, acontecer. Que fique claro que existe SIM queima calórica em exercícios de baixa intensidade, porém, para aqueles que desejam emagrecer, perder gordura ou alcançar algum outro objetivo, a queima calórica precisa ser maior. Por isso, é tão importante o monitoramento da frequência cardíaca do início ao fim da atividade. Entendeu? 😉

Como Entender Aquelas Zonas e Porcentagens dos Frequencímetros?

Depois que você compreendeu a importância de se utilizar um frequencímentro, lhe ajudarei a entender mais sobre as tais zonas, batimentos por minuto e porcentagens. Farei isso da maneira mais didática possivel. Vamos lá! Por muito tempo estabeleceu-se zonas de queima calórica. Pense que 100% aqui é o esforço máximo que seu coraçãozinho pode dar. Chamamos isso de FCMáx =(Frequência Cardíaca Máxima).  

 Zona  Intensidade
Zona de Atividade Moderada 50-60% FCMáx
Zona de Controle de Peso 60-70% FCMáx
Zona de Aeróbia 70-80% FCMáx
Zona de Limiar Anaeróbia 80-90% FCMáx
Zona de Esforço Máximo 90-100% FCMáx

Por muito tempo, vários estudos diziam que para termos uma boa queima de gordura bastaria fazer um esforço de 65% a 70% de nossa frequencia cardíaca máxima e alcançaríamos bons resultados. No entanto à partir de 2000 (ver artigo) novos estudos mostraram que treinar acima de 80% (treino de alta intensidade) e treinos intervalados (alta e baixa intensidade misturados) seriam mais eficientes para o corpo no que tange queima de gordura. A partir daí, treinos como o famoso HIIT se espalharam pela Internet, já que a promessa seria TREINAR MAIS INTENSO, SÓ QUE EM MENOS TEMPO. E isso acaba sendo interessante para muitas pessoas que não curtem ficar muito tempo em academias ou se exercitando.

frequencímetro

O grande problema, é que para fazer um treino desse, precisa-se estar muito bem condicionado e somente um médico e um professor de educação física tem condições de avaliar a sua performance para efetuar tal treino. Por isso que acredito piamente em utilizar todas as ferramentas tecnológicas juntas dp acompanhamento profissional para conseguir esses resultados. Atualmente e no meu caso, eu consigo fazer um treino HIIT, pois minha personal me preparou por 6 meses (ver artigo) para isso, porém, há 6 meses atrás eu jamais conseguiria sequer chegar à 75% de minha FCMáx sem estar morrendo.   

De Porcentagem para Números

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre as tais porcentagens e zonas, é hora de entender os batimentos por minuto que seu coração dá, para então, você saber em qual zona (porcentagem) você se encontra durante o treino. Existem milhares de calculadoras eletrônicas na Internet que te ajudam a saber qual é a sua frequência cardíaca máxima (FCMáx). Vou deixar uma aqui para você usar (ver calculadora). Quando for usá-la, coloque 100% e não 40% como está especificado, pois você precisa descobrir sua frequência máxima. Além disso, você pode fazer o cálculo manualmente. Essa fómula é a mais comum e encontrada na Internet, porém novos estudos dizem que ela está ultrapassada. Apesar disso, como ela ainda é muito utilizada, a manteremos por hora. Fórmula: Basta subtrair 220 de sua idade e você saberá sua frequência máxima.  

 

No meu caso por exemplo, tenho 32 anos, portanto 220-32 = 188. Sendo assim, meu coraçãozinho iria teoricamente no máximo até 188 batimentos por minuto (bpm), e isso seria os meus 100%. A partir daí, é só calcular as porcentagens da zona que você gostaria de treinar. No meu caso, que estou treinando há 6 meses consigo e gosto de treinar no mínimo 75%. Usando a calculadora online que eu lhes indiquei, teriamos em torno de 141 batimentos por minuto (bpm). É claro que meu treino tem momentos intercalados onde a frequência sobre e desce, mas com o frequencímetro consigo ficar de olho para ver se minha frequência não está ficando mais baixa do que isso.  

 

frequencímetro

Qual Frequencímetro Escolhi e Porquê?

Quem está no mundo fitness sabe que aparelhos tecnológicos tem um custo alto por vezes, então, como eu ainda estava me adaptando a idéia de adotar um frequencímetro fiquei com medo de gastar muito com um e depois deixá-lo encostado assim como fiz com a minha plataforma vibratória (ver artigo). Depois de pesquisar, achei o FT1 Polar (vide imagem acima) o qual da linha de frequencímetros, é o mais em conta e carrega o nome da Polar que tem bastante prestígio no mercado. Queria também algo que além ser em conta (ver preços), que fosse também fácil de usar, pois aqueles relógios de mil botões são lindos, mas para "dummies" (leigos) como eu, eles simplesmente não funcionam. O legal do FT1 (ver manual) é que ele tem só 1 botão, então não tem como errar! 

Ele é o mais simples da série FT, portanto, ele basicamente mostra os batimentos por minuto e você consegue programá-lo também para apitar e te alertar caso sua frequência caia mais do que o quanto você deseja. Realmente tenho gostado bastante usar esse freqeuncímetro e hoje não treino sem ele por nada desse mundo. Talvez quando ele pifar, eu migre para um modelo mais chique da Polar ou da Garmim que é outra marca bem legal também. Mas por hora ele serve exatamente para o que eu preciso – Para me ajudar a secar os últimos quilinhos!! Falando nisso olha o meu desempenho de setembro: Legal, né? 😉 

agosto setembro 

Espero que a matéria de de hoje tenha contríbuido para você entender de vez os benefícios de se treinar com frequencímetro e considerar com carinho a compra de um. Além disso, consulte-se com seu médico e profíssional de educação física sobre em que que zona de treinamento você e seu corpo estão aptos a treinar. Faça isso e bom treino! Seu corpo e seu coração agradecem, pode ter certeza!! 

Esse texto te ajudou? Curta e compartilhe! Ajude-me a ajudar outras pessoas! yes

Beijo grande!!

Assinatura Amanda

 

 

 

 

 


NOTA: ESTE POST contém as opiniões e impressões pessoais de uma usuária do frequencímetro FT1 Polar. Em hipótese nenhuma, ela foi remunerada para elogiar ou criticar tais produtos. As informações contidas nesse post são de utilidade pública e tem o intuíto apenas de compartilhar informações com o público feminino que se interessa por este tipo de produto.

Créditos de imagem

Shutterstock/ Google Images/ https://www.flickr.com/photos/atgeist/15587207459/ As demais imagens são de meu arquivo pessoal

 

22 Comments

  1. Simplesmente amei o artigo! Nossa, você escreve muito bem. eu estava procurando dicas para freqeuncimetro e achei seu site. Ele é excelente. Parabéns

  2. Olá Marta! Obrigado pela visita e pelo comentário! Fico feliz que tenha gostado!! Beijos!

  3. Amanda, vc gosta do FT1 polar? Eu tive um FT2 mas quebrou a fita. Estou pensando em comprar um FT1 para treinar. 

  4. Amanda eu não sabia dos benefícios do frenquencimetro. Achava que era coisa de marombado. Obrigado pelo esclarecimento! abraço

  5. Oii Amanda!!

    Eu consegui comprar um frequencímetro na minha última viagem e com certeza foi um dos melhores investimentos que já fiz! Eu sempre tinha dúvidas com relação a minha percepção de esforço durante as aulas e não tinha certeza se eu estava atingindo as frequencias corretas, e no fim das contas, vi que eu me esforçava mais do que deveria e por isso saia muitas vezes super cansada! Agora o rendimento dos meus treinos melhoraram 100%, estou mega feliz com isso! Ah e também comecei a fazer aulas de HIIT, que são super matadoras! A frequência cardiaca fica elevadissima o tempo todo e a queima calórica é bem alta! Muito legal ter noção dessas coisas e a partir daí entender seu condicionamento físico e fazer adaptações na dieta!!

    Ótimo post!!!
    beijão, querida!!

    • Olá Mayra! Nós, que estamos sempre buscando dicas de vida saudável e melhora nos rendimentos de exercícios, sabemos o quão importante esses acessórios são para nossa performance. Achei que valia a pena escrever sobre isso para que outras pessoas possam ter esse conhecimento também. 

  6. Amanda,

    Gostei muito da matéria. Eu sempre quis comprar um frequencimentro, mas não sabia o quanto isso poderia ser útil. Seu artigo é bem explicativo. Gostei!

    • Olá Karina! eu amoooo meu frequencímetro! Não treino sem ele por nada desse mundo!! Espero que vc compre um e se torne adepta. Vc irá otimizar seu treino com ctz! Beijos

  7. Amanda,

    Estou querendo voltar a treinar, mas ando tão sem motivação. Ver suas fotos no Insta e sua história me motivam. Vc me aconselha algo? Bjs

    • Olá Mirella! Meu post sobre perder peso e medidas fala justamente como encontrar motivação para enfrentar o emagrecimento e a busca por uma vida saudável. Beijo grande!!

  8. Seu artigo é ótimo. Faz tempo que estou pensando em comprar um Polar, mas estava buscando mais informações sobre a necessidade. Valeu demais pelas dicas. Parabéns e Sucesso.

    • Olá Bruno!

      Obrigado pelo feedback! Fico muito feliz que o artigo tenha sido útil para você! Beijo grande!

    • Ingrid! hoje em dia eu não treino mais sem frequencímetro…é muito importante saber se nosso treino está intenso demais ou fraco demais. Beijos!!

    • Olá João! Adoro saber que a linguagem dos meus textos é acessível e que tb contém conteúdo de qualidade! Obrigado! Fico muito feliz!! Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *