35

Antes e Depois da Nutrição Funcional

Antes e Depois & Emagrecimento

Antes e Depois da Nutrição Funcional

antes e depois

Todo mundo ama ver uma foto de antes e depois, principalmente se este é um antes-e-depois duro de se alcançar. Para quem não me conhece me chamo Amanda, tenho 33 anos, mantenho o site Tríade da Beleza e o iniciei justamente por sofrer a batalha contra a balança desde que fiz 18 anos. Sempre lutei contra o peso. Sempre, sempre. Não me lembro de ter tido nenhuma época de minha vida em que estava em paz com a balança e  com o espelho. Porém, com a chegada dos 30 anos a luta com o sobrepeso se intensificou visto que as dietas iam tendo cada vez menos efeito. 

E hoje ao completar exato 1 ano de acompanhamento nutricional, venho contar um pouco da minha trajetória para vocês a fim de tentar contagiar aqueles que também lutam contra a balanca TODO-SANTO-DIA e que desejam mudar essa realidade. Esse artigo vem na sequência do artigo que publiquei anteriormente sobre nutrição funcional  (veja o texto) e visa mostrar os resultados que alcançei neste um ano. 

Minha Trajetória
Quem me acompanha aqui sabe que eu já cheguei a pesar perto de 70kg, porém quando cheguei em minha nutricionista já estava pesando 61.5 kg sendo 26.7% deste peso pura gordura (vide foto acima). Nesta época eu já estava praticando atividade física por 4 meses e tinha saído de quase 66kg para 61.5kg o que já não era algo pequeno. No entanto, hoje eu aprendi que um corpo enxuto e saudável se compõe de basicamente 70% do que você come e 30% do que você se exercita.

Não tem jeito, a matemática é essa. Abdômem sarado e bracinho enxuto você cultiva mesmo na cozinha e não na academia. Essas fotos que você está vendo foram tiradas exatamente há um ano atrás. E eu já disse isso anteriormente e volto a repetir: Documente o seu processo de perda de peso! Essa é uma maneira eficaz e segura de você não perder o foco já que o processo leva tempo. 

antes e depois

Se você olhar as fotos atentamente perceberá que apesar de eu não estar mais com sobrepeso acentuado, eu ainda estava com considerável quantidade de gordura alocada no abdômem e na região dos culotes. A partir daí, comecei a monitorar mês à mês anotando as evoluções, ainda que pequenas. É óbvio que tiveram meses que a evolução foi nula ou pouco perceptível. Afinal pequenos fracassos são normais neste tipo de processo, no entanto, o importante é não desistir.  

Meu peso também era anotado duas vezes nas semana. Nas segunda (pós fim de semana) e na sexta pela manhã. Eu mantinha essas anotações para ver as oscilações de peso e notar as tendências que o meu corpo vinha seguindo. Para quem sofre de alterações de peso durante a mesma semana recomendo um texto sobre o tema (ver texto). Para marcar o progresso desenvolvi essa tabelinha e toda semana ia anotando o peso. Desde que comecei foram exatas 52 semanas…anotando e monitorando meu peso (veja abaixo).

Acredito que nesta altura do texto você deva estar pensando,"Ah, mas eu não tenho toda essa disciplina"…Acredite, eu também não tinha, mas precisei desenvolvê-la já que queria vencer a batalha contra a balança de uma vez por todas. E te digo, para vencer a obesidade e a compulsão por comer é preciso desenvolver este tipo de atitude frente ao problema, caso contrário nada muda e quando você percebe, já está lá de novo comendo o bolo inteiro ou acabando com o pote de doces

Além disso, uma vez por mês eu visitava minha nutri para medir o percentual de gordura, tirar medidas, ver meu peso assim como rever meu plano alimentar. Olhe minha evolução abaixo. Te convido a olhar a tabela de duas maneiras. Primeiro olhe somente o resultado inicial e final. Parece mara, certo? Ver que fui de 61.5kg para 54.3kg parece assim algo tão simples. Agora te convido a olhar a tabela de ponta a ponta. Você consegue perceber que os avanços foram lentos e pequenos? Praticamente trabalho de formiguinha…rs como sempre falo. Mas quando você monitora seus progressos e olha os dados de evolução, isso te anima e injeta ânimo para continuar e para querer ir mais além. 

medidas

Em suma, o processo não é rápido mas é interessante e duradouro, principalmente porque você pára de focar no final do processo e passa a curtir a trajetória que é o que de fato te leva à chegar lá. Não há nada mais interessante do que aprender com seu próprio corpo, respeitar suas tendências e celebrar suas mudanças. E o mais legal disso tudo: Emagrecer devagar é uma das armas mais potentes para não virar magra-mole-gelatina já que sua pele vai voltando devagar. 

Portanto, é obvio dizer que hoje não estou com o corpo de uma modelo ou anjo da Victoria Secret, mas comparado a versão de mim mesma de anos atrás tenho plena certeza que nunca estive melhor. Posso dizer que este é o melhor antes e depois da minha vida! Aliás, sinto que passado a crise dos 30 vejo que a vida apenas começou…pelo menos para mim! Meu sonho? Chegar aos 40 melhor ainda! 😛

antes e depois
Por isso já disse e digo mais uma vez: Se eu consegui você consegue! Geralmente vemos fotos antes e depois pipocando na Internet, mas poucas pessoas, de fato, nos contam os detalhes de como é a trajetoria. Espero que este texto lhe dê a injeção de ânimo que faltava para você recomeçar e traçar novos planos e metas. Estamos ainda no meio do ano. Dá tempo de mudar bastante até dezembro! Saiba: Não é fácil, não acontece do dia para noite e demora muito para mudar de vez, mas vale cada mês, cada quilo, cada porcento de gordura perdida rs.

Muitos me perguntam se não fica muito caro ir em uma nutricionista todo mês. A resposta é simples: Não! Mil vezes não! Pois, tudo que eu gastei em shakes, em sopas diets, remédios para emagrecer (sibutramina e xenical), programas de emagrecimento, tratamentos estéticos, e livros de dieta…e pior: roupas de tamanho maior…foram infinitamente mais caros se comparados a pagar um nutricionista. Vale cada centavo estar amparado por este tipo de profissional, pois quem tem tendência a engordar ou sofre de compulsões, como é meu caso em ambas situações, estar amparado por um profissional destes me permitiu ganhar ajuda para resolver estes problemas. Daí eu te pergunto: Vai gastar mais com gel redutor, massagem modeladora ou remédios? Eu não…pelo menos não mais! Infelizmente a máxima "Somos o que comemos" é verdade…e eu já disse e repito…cansei de ser coxinha!   


Bem é isso, mulherada! Beijo grande e espero que tenham gostado!

Você curtiu este texto? Curta ou compartilhe! Me ajude alcançar outra pessoasyes

Assinatura Amanda

 

 

 

 

 

Créditos de imagem: Arquivo pessoal

35 Comments

  1. Amiga querida, parabéns pelo seu esforço e dedicação! Seus textos são fantásticos e com certeza já ajudaram diversas pessoas a terem mais saúde e qualidade de vida!

    É um grande exemplo! Um beijão!

    • Oh Renatinha! Obrigado pela força e pelo incentivo sempre!! Você é uma querida e saber da sua opinião positiva acerca dos meus textos principalmente sabendo que você é uma profissional da área de Ed. Física vale muuuuito para mim! Obrigado!! Saudades!!

    • Minha amiga! Muito obrigado!! Saiba que o orgulho é reciproco como sempre tem falo!! Carinho enorme por vc e admiração que não acaba!! 

  2. Que maravilha Amanda. Te conheci na etapa anterior. Quanta diferença. Deus a abençoe sempre.

    • Olá Geh! Que legal que leu o texto! Obrigado pelas palvras de incentivo!! Fico muito muito agradecida!! Abraçooo!!!

    • Olá Silvia!! Obrigado pelo elogio! Podemos sim conversar sobre guest posts no futuro! Beijos!!!

  3. Amanda só tenho á te agradecer muito pelas dicas citadas aqui no seu blog, venho acompanhando ele há algum tempo e posso te dizer que encontro tudo o que preciso aqui, parabéns.

    • Olá Mariano!

      Ainnnnn que coisa boa ler tudo isso! Só quem tem um site sabe o trabalho que dá para deixá-lo rodando assim todo mês. Com certeza seu comentário foi uma super injeção de ânimo para mim! Beijo grande!

  4. Olá, Muito bom o artigo, na verdade gostei muito do seu blog como um todo!
    Se quiser algum dia quiser escrever um artigo especial para o DicasPerderPeso entre em contato!
    http://www.dicasperderpeso.com

    Também temos interesse em escrever artigos para você. Se tiver interesse entre em contato.

    Att.

    Equipe DicasPerderPeso

     

  5. Parabéns pela conquista! Você ficou mais linda ainda!

    Eu amei o post, as dicas e seu blog como um todo. 

    Não sabia que acompanhar com uma tabelinha seria tão importante, vou começar a anotar também, assim talvez eu não perca o foco mais.. 

    E realmente, esse processo leva tempo, quem dera se fosse da noite pro dia ein?!

    Beijos da Bibi ♥

    • Olá Gabrielle! Fico mto feliz que tenha gostado do texto e do relato em si. Eu acredito mto no trabalho de manter registros do progresso da perda de peso, até porque com a correria do dia a dia o que mais fazemos é cometer deslizes. Beijo enorme obrigado pela visita!

  6. Olá Amanda! parece que estou vendo minha hístoria, depois dos 30 tudo ficou dificil, tento tento e não consigo chegar no peso ideal…mas não vou desistir com esse post me inspirou a adotar novas mudanças.começei agora com um dieta funcional e vou tentar seguir suas dicas, me monitorando semana a semana.obrigada por compartilhar suas experiencias com conosco.bjs

    • Olá Kelly! Fico muito feliz em saber que meu relato ajuda outra mulheres. O drama da balança pega muitas de nós! Sucesso nessa empreitada e passe aqui para contar seu sucesso depois! Beijo grande!!

  7. Cheguei aqui por uma busca de informações sobre o Bio Oil no Google e to amando!

    Assim como você luto contra balança e estou iniciando uma reeducao alimentar, queria uma dica de balança caseira, vc indica alguma?

    • Olá Karla, eu comprei minha balança digital em uma loja do multicoisas. Não tenho uma marca específica para te recomendar, mas as digitais de hoje estão boas como um todo. Um beijo enorme e fico feliz que tenha gosta do site! 

  8. Ótimo artigo querida, só de ver as fotos já fico feliz com sua história de superação! Muito bem redigido o seu texto. Está nos meus favoritos aqui do computador ok?

    • Olá Clarice! Fico tão feliz quando recebo esse tipo de feedback!! Espero que você encontre aqui muitos textos que tragam info de qualidade para você! Beijo grande!!

    • Olá Lilian! Ano passado eu tive alguns problemas (queda de uma escada e uma cirurgia de apêndice) que me deixaram fora dos treinos…com isso engordei 4 quilos como narrei no texto do efeito sanfona. Mas agora já eliminei 2kg destes 4kg e estou com 56.5kg. Estou lutando aqui para eliminar esse dois últimos quilinhos danados…espero que eles partam logo logo. Beijos!

    • Olá Fabiana! sim…essa é a história da minha vida! Eu vs a luta contra a balança! Beijos!!

  9. Adorei o texto e parabéns pela força de vontade. Mas queria tbm contar que quem nunca teve que lutar com a balança, depois dos 35,  passa por apuros. Vc passa a adolescência e inicio da vida adulta comendo de tudo e, de repente, muda do manequim PP para M sem entender. As roupas começam a não caber e vc acha que foi o tecido que encolheu! Conclusão- a auto-percepção fica distorcida e vc ganha 11 kilos além do seu peso, sem notar. Ou seja, a luta de comer corretamente todo santo dia é para todo mundo, exceto talvez para aquele 1% de pessoas do mundo que realmente são muito magrelas e podem comer de tudo em qq idade. O dificil de ser magrinha e ter que mudar radicalmente hábitos e ser mal-acostumada quanto a perder facilmente em outra época. Ou seja, estamos todas no mesmo barco!! O mais importante é encarar comida como combustível e entender que somos aquilo que comemos.

    • Olá Patricia! Muito legal o seu relato e eu me identifiquei com muitas coisas que você escreveu!! Concordo 100% com vc quando diz que é fundamental a gente encarar comida apenas como um combustível! É bem por aí mesmo!! Beijos!!

  10. Oi Amanda! 

    Amei seu blog, eu só tenho 24 anos mas perdi algum peso e sou vegetariana.. acho que principalmente na coxa tenho um bocado de flacidez… acha que há um colageno indicado para mim? 

     

    Beijo 

    rita

    • Olá Rita! Como você é bem novinha ainda acredito que o colágeno possa lhe trazer muitos ganhos…mas para potencializar mesmo e lutar contra a flacidez será preciso encarar sessões de musculação. Beijo grande!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *